Sobre o Claquê

​​O Claquê Centro de Sapateado é um espaço voltado ao sapateado americano onde o principal objetivo é desenvolver e aprimorar essa técnica. Considerando o sapateado como uma arte que permeia entre a dança e a música, o Claque Centro de Sapateado trabalha o sapateado como um todo, incluindo tudo aquilo que esse estilo de dança envolve.
A partir de uma sociedade de Glenda Duarte, uma das pioneiras do sapateado americano no Rio Grande do Sul, e Marina Gonzalez, uma amante dessa arte, nasce o Claquê Centro de Sapateado, espaço baseado na experiência, no conhecimento, nos valores e na preservação da arte dos pés ritmados.
Desde o seu início, conta com um corpo docente qualificado e capacitado, que busca tornar-se referência no seu segmento e preservar o legado dos mestres do TAP, oportunizando aos seus alunos desempenho de alto perfil e uma cultura de respeito e paixão pela dança do TAP. 
O Claquê oferece programas que vão desde o nível introdutório de lazer até o currículo rigoroso oferecido a estudantes pré-profissionais, adaptados às diferentes faixas etárias. O Claquê trabalha com o ensino da técnica de dança segura, incentivando cada aluno a desfrutar de dança e desenvolver sua autoconfiança e expressão. Outro diferencial são aulas com turmas pequenas de até doze alunos em cada curso, buscando, assim, um atendimento mais personalizado.
Suas instalações são confortáveis e convidativas, além de contar com piso tecnicamente adequado para sapateado, o que é de suma importância. O TAP exige piso em madeira mais dura que a usada nas demais modalidades de dança, produzindo um som agradável ao toque com o sapato de sapateado. O diferencial do piso do Claquê é que, além da madeira própria para essa técnica de dança, está assentado sobre amortecedores, propiciando maior segurança e conforto a seus alunos.  
Sob a direção de Glenda Duarte, esta experiente e especializada equipe de profissionais de sapateado americano ensina o TAP de forma completa, contanto com aulas de percussão corporal, alongamento, expressão cênica e outras modalidades. Além disso, promove oficinas com professores convidados, onde a troca de experiências ocorre, completando o programa de ensino. 
O Claquê foi premiado pelo Prêmio Açorianos de Dança - Destaque de Sapateado, por ser escola de referência de sapateado em Porto Alegre, em 2014 e em 2016 pela continuidade de iniciativas de promoção do sapateado. Já em 2015, Glenda Duarte recebeu o Prêmio. 

Direção

Professora, coreógrafa, diretora, cenógrafa, figurinista e produtora cultural. Iniciou sua formação como bailarina clássica na Escola Maria Julia da Rocha, concluindo sua formação no Ballet Studio Maria Cristina Fragoso no ano de 1994. Frequentou cursos de dança flamenca, jazz, dança moderna, percussão, percepção musical e figurino. Nos últimos quinze anos dedicou-se ao sapateado americano, formou-se no Método Marchina de Sapateado Americano pelo Marchina Studio de Sapateado (SP) no ano de 1999​. Cursou inúmeras oficinas de especialização e vem realizando diversos projetos com intuito de divulgar o Sapateado Americano, tais como: as cinco edições da Mostra Gaúcha de Sapateado Americano (1999-2004). A Mostra Dança no Palco, evento direcionado para crianças e jovens adultos, já está na 4º edição. O Tap no Palco, com sua 1ª edição no ano de (2012-2014), evento exclusivo para o sapateado. E o POA TAP, Mostra de Sapateado Americano de Porto Alegre, com sua primeira edição no ano de 2015 e previstas edições de continuidade no ano de 2017. Além de conceber e produzir os eventos já citados, Glenda também produziu mais de 20 espetáculos de dança entre 1994 a 2012, dentre esses, destacam-se Flicts (1994), Saco de Brinquedo (1995), O Ponto (Battuere, 2002), Sapateando pela História (Battuere, 2003), Rotina (Battuere, 2004), Écoutez Le Silence (Theâtre Du Moulin-Neuf, Suíça, 2005), Hoje tem espetáculo! (Grupo Étoile, 2008),  Se for cair na dança, é confusão pro pé (Grupo Étoile, 2009), Tabuleiro aos Cubos (Grupo Étoile, 2010), Maravilhosa Terra de Oz (2010), Alice no País das Maravilhas (2011), Matilda (2015),  A Fantástica Fábrica de Chocolate (2016), Tap Grease - Nos Tempos da Brilhantina (2017) e Mary Poppins (2018). Glenda foi júri do Prêmio Açoriano de Dança em 2000 e do IX Concurso HB no Teatro Municipal de Rio Grande em 2001. Recebeu prêmio de coreógrafa destaque no Porto Alegre em Dança em 2002, uma monção honrosa com a esquete O Ponto do grupo Battuere no 11º Porto Alegre em Cena em 2003, de Incentivo ao Sapateado Americano no V Encontro Latino em 2004, de Melhor Figurino do Festival Fast Balneário Pinhal em 2008. Indicada ao Prêmio Açorianos de Dança - destaque em Sapateado em 2012. Em 2012 e 2013, foi indicada ao Prêmio Açorianos de Dança de Porto Alegre como destaque em Sapateado. Em 2014 e 2016, o Claquê Centro de Sapateado ganhou o Prêmio e em 2015 foi a vez da Glenda levar o Prêmio Açorianos de Dança - Destaque de Sapateado. Atualmente, é diretora e coreógrafa da Cia Claquê e professora de todos os níveis do Claque Centro de Sapateado, no qual é sócia fundadora.
 

Professoras

Glenda Duarte - Iniciou sua formação em dança primeiramente com o Ballet Clássico em 1994 e em Sapateado Americano 1999, frequentou cursos de dança flamenca, jazz, dança moderna, percussão, percepção musical e figurino. Atualmente é professora do Claquê para os níveis Básico, Iniciante e para as crianças do Kids e Teen.
Aline Andrade tem formação em ballet clássico pelo Centro de Danças Sal da Terra, onde também iniciou seus estudos na modalidade de sapateado americano no ano de 2003, com a professora Glenda Duarte. Fez diversos cursos de formação com professores do Rio, São Paulo e exterior. Seu estágio como professora no Claquê iniciou 2017 e agora é professora dos cursos regulares do nível Intermediário e Avançado. 
Camila Figueira tem formação em ballet clássico método russo até o 9º ano e em sapateado americano, com início em 2006, atualmente em nível avançado. Iniciou seu estágio com professora de sapateado americano no Claquê em 2016, com as turmas dos adolescentes do Tap Teen Avançado.  Como bailarina participou de diversos dos festivais de sapateado, com destaque para o Festival de Dança de Joinville 2014. Coreógrafa da escola e também da Cia Claquê. Está em cartaz na temporada do espetáculo “O Guri de Uruguaiana 2”.
Lindsay Gianoukas é doutoranda e Mestre em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas do Instituto de Artes da UFRGS. Atriz e Bailarina inscrita sob o número de registro profissional 9350. Atua em teatro, publicidade, cinema e televisão como atriz. Como bailarina atua especialmente com as técnicas do sapateado americano e dança contemporânea, mas conta também com incursões nas danças urbanas e ballet clássico. Dedica-se à investigação das qualidades de movimento, traços autorais, desenvolvimento rítmico e expressividade cênica entre outros temas. 
 

FAÇA DOS PÉS O RITMO DA SUA VIDA.

Telefone
51 99842 1144
Endereço
Rua Demétrio Ribeiro, 406

Centro Histórico

Porto Alegre RS Brasil

CEP 90010-312

E-mail

Entre em contato

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Vimeo - círculo cinza

Claquê Produções Artísticas Ltda CNPJ 17.571.356/0001-88

 

© 2020 Copyright Todos os direitos reservados e protegidos pela da Lei de Direitos Autorais 9610/98